Fuerza Aérea de Portugal

Fuerzas Aéreas del Mundo. Noticias e historia. Sus aviones de guerra, helicópteros y misiles. Programas de construcción aérea. Pilotos y paracaidistas.
Ramses Vladimirovich
Sargento
Sargento
Mensajes: 205
Registrado: 06 Mar 2007, 05:38

Mensaje por Ramses Vladimirovich »

Muchas Gracias AMRAAM un saludo


Xammar
General de Brigada
General de Brigada
Mensajes: 4316
Registrado: 09 Feb 2003, 17:41

Mensaje por Xammar »

Con el tema de los helos portugueses,tirando de memoria disponen de 12 EH-101 que (creo) reemplazarian a los Puma,por otra parte estarian los Alouette-III (una docena larga) y los 5 Super Linx Mk95 de la Marina.
Creo recordar que en su momento se aposto por el EC-635 (9 unidades) como 'helo armado' para el Ejercito pero se congelo la operacion hasta nueva orden,lo que ha seguido adelante seria la adquisicion de 10 NH-90TTH.Y que yo recuerde,asi estan las cosas...

Un saludo


Avatar de Usuario
Ramón
Teniente Coronel
Teniente Coronel
Mensajes: 2169
Registrado: 07 Ene 2003, 00:26
Ubicación: España

Mensaje por Ramón »

Los EH-101 los opera la FAP, el ejercito portugués operará el GALE que en efecto tendrá los 10 NH-90 y otro modelo más ligero, el EC-635 se fué al carajo, al solicitar los portugueses que les integraran el misil HOT y los de eurocopter pasaron de ellos y no les hicieron caso, los portugueses rescindieron el contrato, los de eurocopter se los vendieron a los jordanos...y ahí están esperando a ver que modelo ligero comprarán en el futuro, algunos hablaban del A-109, bueno, ya veremos.

La Marinha estaba hablando de comprar algunos Lynx de segunda mano a Holanda, que el año que viene empieza a recibir los NH-90 navalizados, creo, eehhh, creo


Johnnie
Soldado
Soldado
Mensajes: 43
Registrado: 01 Abr 2007, 01:48
Ubicación: Lisboa

Mensaje por Johnnie »

Boas noites meus senhores: Então é assim:

F-16:

Foi adquirido no inicio da década de 90 um lote de 20 F-16 A/B block 15 OCU sendo que se perdeu um em acidente.

No fim da década de 90 adquiriu-se mais um lote de 25 F-16 A/B block 15 Ex- ANG pensando-se destinar 5 para gerar peças e modernizar 20 com o padrão MLU.(Dado ter-se perdido 1 vai ser montado mais um F que o inicialmente pensado, logo ficarão só 4 para gerar peças...)

Mais tarde foi decidido estender o MLU a ambas as esquadras.

De momento do segundo lote já estão convertidos 6 aparelhos.

Estão ainda outros 4 em trabalhos, sendo que o proximo MLU a voar deve ser do primeiro lote...

O facto de OCU e Ex- ANG estarem a ser modernizados ao mesmo tempo tem a ver com os calendários das revisões dos mesmos.

O MLU está a ser elevado ao padrão M4 e já foi decidida a compra de JHMCS e deve seguir-se um missil de curto alcançe de ultima geração que se juntará aos AMRAAM ja em uso.

A suposta venda dos 12 F´s penso que é conversa de politico em vespera de eleições...Para depois esqueçer

Penso que o F-16 não é o ultimo grito mas a FAP está muito bem servida com estes aparelhos, só é pena que o MLU esteja a decorrer de forma tão lenta, mas foi o que se pode arranjar...

Espero ter ajudado e peço desde já desculpa por não saber castelhano o suficiente para escrever correctamente...Por isso o faço em português...Parabens pelo vosso "foro" e espero ser benvindo por aqui...:wink:

Curiosa essa vossa obsessão com Marrocos e Argelia, por cá nem se fala neles, é como se não existissem :shock:


vengador_91
Alférez
Alférez
Mensajes: 718
Registrado: 01 Abr 2007, 18:36

Mensaje por vengador_91 »

Portugal es un pais pequeño, sin enemigos y con bastante problemas económicos; veo perfectamente normal que utilicen su escaso dinero en inversiones de futuro, y que gasten solo lo necesario para cumplir los compromisos con la OTAN.
El problema que tienen muchos portugueses (o al menos unos cuantos) es su obsesion con "castelha", muchos piensan que España no tiene mejores cosas que hacer que anexionarlos...
Os invito a que echeis un vistazo en www.forumdefesa.com, muchos ya lo conocereis...
Echad un vistazo a los post de gente como papatango o comanche, pa mi que tienen la costumbre de fumarse algo antes de escribirlos, solo así se explica...
Saludos¡


Johnnie
Soldado
Soldado
Mensajes: 43
Registrado: 01 Abr 2007, 01:48
Ubicación: Lisboa

Mensaje por Johnnie »

Bem vengador_91 o que vês escrito no forum defesa talvez não seja a opinião do português comum que tem mais em que se preocupar que com Espanha....

Nem tanto ao mar nem tanto á terra...

Mas sim parte da nossa identidade foi criada a volta do que os espanhois que cá moram e/ou trabalham chamam "A fobia da invasão" e talvez seja isso que nos mantém tão unidos apesar das diferenças...


martelo79
Suboficial
Suboficial
Mensajes: 584
Registrado: 24 Abr 2007, 18:17

Mensaje por martelo79 »

Eu tenho alguns conhecidos na FAP e todos me dizem o mesmo, o importante são os Merlin e não os F-16. Portugal não tem neste momento, ameaça externa. Portugal está juntamente com a Espanha na UE e na OTAN, como tal a possibilidade de acontecer uma guerra entre os nossos dois países é práticamente nula. Com Marrocos também não temos qualquer problema, as relações são boas e positivas, até temos um acordo de cooperação Técnico-militar.
Ao nível da nossa aviação caça estamos muito limitados, no entanto ao nível de SAR temos do melhor que há no mercado.
Portugal é um país com restrições orçamentais e como tal tem que definir prioridades, F-16 é e não será um ponto muito valorizado na nossa FAP.

Apesar disso soubemos à pouco tempo que os F-16 MLU iam receber uns brinquedos novos... :wink:

deixo-vos com um video dos nossos Merlim:

http://youtube.com/watch?v=U_MGJmjMJFA


martelo79
Suboficial
Suboficial
Mensajes: 584
Registrado: 24 Abr 2007, 18:17

Mensaje por martelo79 »

VSI Slated to Provide Helmet Mounted Display Capability for Portuguese F-16s


(Source: Rockwell Collins; issued March 27, 2007)




SAN JOSE, Calif. --- Vision Systems International, LLC (VSI) has been awarded a contract to supply its Joint Helmet Mounted Cueing System (JHMCS) to the Portuguese Air Force for their F-16 Fighting Falcon aircraft.

JHMCS will complement the mid-life upgrade (MLU) configured jets, providing pilots superior situational awareness and the ability to take full advantage of extreme off-boresight target designation and cueing. Under the terms of the contract, VSI will deliver helmet mounted displays and associated electronics units as well as spares and test equipment to support the Portuguese Air Force F-16 fleet. The deliveries will commence in early 2007. This contract represents the fourth direct commercial sale of JHMCS by VSI to a European F-16 MLU country.

JHMCS provides the pilot with "first look, first shot" high off-boresight weapons engagement capabilities. The system enables the pilot to accurately cue onboard weapons and sensors against enemy aircraft and ground targets without the need to aggressively turn the aircraft or place the target in the Head-Up Display (HUD) for designation. Critical information and symbology, such as targeting cues and aircraft performance parameters, are graphically displayed directly on the pilot's visor.


Formed in 1996, VSI is a joint venture between EFW Inc., an Elbit Systems of America company and a subsidiary of Elbit Systems Ltd., and Rockwell Collins to develop, manufacture and support fixed wing HMDs worldwide. With a heritage of more than 35 years of design and development experience in display systems, VSI today is a leading supplier of fixed-wing Helmet Mounted Displays (HMDs).

In addition to the JHMCS production, VSI is developing the advanced HMD for the F-35 (JSF), QuadEye Night Vision Cueing & Display (NVCD) for the US Navy and US Air Force, and is also producing the Display and Sight Helmet (DASH) Generation IV HMD under multiple contracts to Lockheed Martin and international customers.

-ends-

source


Imagen
pic from www.f-16.net


martelo79
Suboficial
Suboficial
Mensajes: 584
Registrado: 24 Abr 2007, 18:17

Mensaje por martelo79 »

Imagen

Imagen

Imagen

Imagen


nuno_alex
Recluta
Recluta
Mensajes: 12
Registrado: 29 Abr 2007, 22:02

Mensaje por nuno_alex »

Em relação a este tema gostaria de dizer o seguinte. Como ja foi dito Portugal é um pais pequeno, com grandes dificuldades economicas e sem qualquer tipo de ameaça á sua soberania. Portanto não existe grande investimento nas suas forças armadas nem isso seria aceite pela opinião publica portuguesa, pelo que as forças armadas têm pouco equipamento e quase todo ele obsoleto. Mesmo assim existem vários programos de modernização em estudo e alguns já em execução.
Em relação á FAP, tem como principais meios os seguintes aparelhos:
F16 AM/BM (MLU) – 7
F16 A/B – 32 (todos eles irão ser actualizados para a versão MLU estando 18 em serviço e os restantes já armazenados para actualização)
Tambem está a ser estudada a possibilidade de actualizar para a versão MLU-M2 ou M3 sendo provavelmente a versão M2 visto já ter comprado um simulador para esta versão.
P3-C (Avião de patrulha marítima e luta anti-submarina) – 5 (todos deverão vir a ser modernizados nas OGMA passando para o padrão P3-C-CUP equivalente ao americano P3-AIP)
P3P-ORION (Avião de patrulha marítima e luta anti-submarina) – 3 (Está a decorrer a substituição e modernização destas aeronaves, por outras P-3C mais modernas de origem holandesa.)
EH101-MERLIN (Helicóptero de transporte) – 12
SA-330c PUMA (Helicóptero de transporte) – 4
ALOUETTE-III (Helicóptero de transporte ligeiro) – 14
C-130H-30 (Aeronave de transporte médio) – 3
C-130H (Aeronave de transporte médio) - 3
C-212-100/200 AVIOCAR (Aeronave de transporte ligeira) – 20
C-212/300 (Aeronave ligeira de vigilância marítima) – 2
ALPHAJET-A (Aeronave de treino avançado) – 26
Entretanto já existem acordos assinados para a substituição de alguns destes meios e existem estudos para a substituição de outros. Assim os ALOUETTE deverão a vir a ser substituidos pelos helicopetro NH-90 (10 unidades) e o C-212-100/200 AVIOCAR irá ser substituido pelo C-295 (12 unidades). Tambem está ser estudada a possibilidade de substituir os C-130 por avioes A400M da EADS ou C-130J da Lockheed Martin apesar do ministro da defesa ja ter vindo dizer que os C-130 com algumas actualizações poderem ainda ser utilizados por mais 15 anos.


"mama sumae"
nuno_alex
Recluta
Recluta
Mensajes: 12
Registrado: 29 Abr 2007, 22:02

Mensaje por nuno_alex »

Vou tentar responder a algumas perguntas aqui levantadas.
- Todos os aviões serão actualizados para a versão MLU e deverão ser actualizados para a versão MLU-M2 ou M3 sendo provavelmente a versão M2 visto ja ter comprado um simulador.
- Dispõe de 96 M-60 A3TTS que irão ser substituidos po LEOPARD-2 A6. Serão apenas 37 e alguns M-60 ainda deverão continuar em serviço estando já programada a sua modernização bem como dos M113. A nivel de viaturas também se prepara para substituir as velhas chaimites por viaturas PANDUR-II em várias configurações. Segundo algumas noticias poderá tambem ser comprado viaturas blindadas CENTAURO visto as viaturas PANDUR-II não serem indicadas para a colocação de um torre de 105mm.
-Portugal não dispoe de 5 sistemas anti aéreo chaparral mas sim de 30. Para além disso dispoe de sistemas como os stinger
- As fragatas da classe MEKO foram comparticipadas em 60% pela NATO. Na nova lei de programação militar também já foram disponibilizadas verbas para a sua modernização (15.000M euros)
- Portugal adquiriu e já se encontram em construção em estaleiros na alemanha dois submarinos U-209 que têm grande parte das caracteresticas sos submarinos alemaes U-214. Este submarino tem caracteristicas “stheald” o que o torna virtualmente invisivel. O primeiro será entregue em 2009 e o segundo em 2010.
- As “novas” fragatas serão as Karel Doorman e deverão ser entregues em 2008 ou 2009.
- O exercito portugues não dispõe de helicopeteros de combate. Irá dispor de helicopeteros NH-90 (10) para transporte e terá 9 helicopteros mais ligeiros e que também deverão ter capacidade de combate mas ainda não está defenido qual será.


"mama sumae"
martelo79
Suboficial
Suboficial
Mensajes: 584
Registrado: 24 Abr 2007, 18:17

Mensaje por martelo79 »

Investimento até 2010
13 milhões para os F16


Força aérea tem 39 aviões mas só 25 estão a voar
O Governo vai investir 13,7 milhões de euros até 2010 na compra de componentes e serviços para garantir a operacionalidade da frota de aviões caça F16 ao serviço da Força Aérea.


A Portaria 425/2007, publicada na última sexta-feira em Diário da República, refere que o dinheiro se destina à “obtenção de informação técnica, aquisição, reparação e calibração de componentes para as aeronaves e seus sistemas”.

Este ano vão ser gastos 1,7 milhões de euros, a que se somam 4 milhões em cada um dos três anos seguintes. O plano destina-se a tornar operacionais os 14 aviões comprados aos Estados Unidos que continuam “encaixotados” em Monte Real.


Uma excelente noticia! :D


old
Sargento
Sargento
Mensajes: 285
Registrado: 06 Jun 2005, 12:10

Mensaje por old »

Buena noticia!!

Entonces definitivamente no venderan 12 F16 tal y como alguna vez se llego a decir.

39 F16 es una cifra bastante aceptable y correcta para el tamaño y poblacion del pais.

Pueden describirnos un poco como es su arsenal?

Misiles corto alcance, largo alcance, antibuque, antiradar etc etc et etc?


Johnnie
Soldado
Soldado
Mensajes: 43
Registrado: 01 Abr 2007, 01:48
Ubicación: Lisboa

Mensaje por Johnnie »

Serão 40 F-16 no total, do primeiro lote de 20 sobram 19 e do segundo lote de 25 serão montados 21


martelo79
Suboficial
Suboficial
Mensajes: 584
Registrado: 24 Abr 2007, 18:17

Mensaje por martelo79 »

Aviões F-16 Portugueses no Báltico, futuro dos caças na FAP e o seu dia-a-dia:

http://videos.sapo.pt/oZo2e35glmpQoesoNz1G :D


¿Quién está conectado?

Usuarios navegando por este Foro: CommonCrawl [Bot] y 0 invitados